Documento sem título
 
Buscar notícia:
 Colunas
- Página Principal  
- Charge do Dia  
- To de Olho  
- Classificados  
- Espaço Aberto  
- Informática  
- Papel de Parede  
- Piada do Dia  
- Parabólica  
- Bancos  
 Links
- Busca  
- Esportes  
- Email Gratuito  
- Horóscopo  
- Notícias  
- Facebook  
- Portais  
- Sites Uteis  
- Wikipédia  
- You tube  
 Serviços
- Boletim Pecuário  
- Configura Email  
- Downloads  
- Fale Conosco  
- Meu IP  
Tempo
Webmail
Destaque Social
 
- 20/01/2014
Um pedido do Poeta - Por Fermiano Ramires Rodrigues

Ao declamar os meus versos
Faço com todo o amor
A atenção do ouvinte eu peço:
- Preste atenção, por favor!



Quando escrevo meus poemas
Faço com todo o amor
Não é por escrever apenas
Quero agradar ao leitor



As palmas medem o progresso
Da aceitação passo a passo
Se calorosas, eis o sucesso
Se fracas, marcam o fracasso



Não posso parar agora
Tenho pressa de escrever
Não sei quando irei embora
Meu Deus é quem vai prever



Prefiro a sinceridade
Por parte dos meus leitores
Não aplaudam por amizade
Critiquem mesmo que me causem dores



Elogios eu quero em vida
Se eu tiver méritos, se faça
Após a minha partida
Não verei meu busto na praça

Fonte: Fermiano Ramires Rodrigues

Webmail
Publicidade
Enquete


© Todos os Direitos Reservados - ECONET - 2002 - 2007