Documento sem título
 
Buscar notícia:
 Colunas
- Página Principal  
- Charge do Dia  
- To de Olho  
- Classificados  
- Espaço Aberto  
- Informática  
- Papel de Parede  
- Piada do Dia  
- Parabólica  
- Bancos  
 Links
- Busca  
- Esportes  
- Email Gratuito  
- Horóscopo  
- Notícias  
- Facebook  
- Portais  
- Sites Uteis  
- Wikipédia  
- You tube  
 Serviços
- Boletim Pecuário  
- Configura Email  
- Downloads  
- Fale Conosco  
- Meu IP  
Tempo
Webmail
Destaque Social
 
- 20/10/2010
Educação promove seres livres da miséria, degradação e prostituição
Prostituição existe no país inteiro. Como a gente percebe, é a ignorância e miséria juntas. Depois vêm a droga e a prostituição, e aí a degradação. É fácil interromper esse ciclo vicioso. Falta querer.

O “Bom Dia Brasil” desta terça-feira mostrou Cingapura, um paraíso que há menos de 50 anos era um lugar pantanoso, pobre e sujo. Assim como a pujante Coreia do Sul há 60 anos era um lugar arrasado, com maioria analfabeta. Mas aí veio a vontade. Investiram em educação, uma educação que fez um futuro opulento.

Por que não querem educação por aqui? Por que fingem que estão investindo em educação se não investem em professores? Porque educação liberta da miséria, da dependência, do assistencialismo. Converte escravos de tudo em seres livres, e promove uma mudança. Aquela mudança da inscrição da bandeira do município de São Paulo: “Non Ducor Duco”, “não sou conduzido, mas conduzo”.

Na prostituição infantil do Nordeste, é bom combatermos os aliciadores, quem está promovendo isso, mas é preciso chegar às origens: a educação e formação. Pegando filhos, pais e professores e escolas. Coisa para revolução. Se os donos dos votos deixarem.



Clique aqui e veja o vídeo do Bom dia Brasil

Fonte: Alexandre Garcia - Globo

Webmail
Publicidade
Enquete


© Todos os Direitos Reservados - ECONET - 2002 - 2007